Tens tatuagens? Posso ver?

Percorremos um longo caminho desde cerca de 1700, quando as tatuagens old school foram difundidas. Hoje em dia, qualquer pessoa, não importa género, raça, idade, posição social, se tatua. O preconceito está cada vez mais “lá para trás” e ainda bem!

O que não muda é o facto de uma tatuagem ser sempre um registo de uma memória, ou um símbolo do que gostamos e de coisas com as quais nos identificamos.

Os melhores tatuadores continuam a ser os que têm talento, trabalham com paixão e foco. Não há como negar que a profissão ganhou um determinado estatuto… muitos querem ser tatuadores… mas quantidade não é necessariamente, qualidade e portanto, na minha opinião, o que importa quando nos queremos tatuar, é encontrar um profissional que faça trabalho de qualidade. É tinta na nossa pele, para sempre, temos de ser exigentes. Não?

À semelhança da maquilhagem, cada artista tem o seu próprio estilo, usa a sua própria técnica, conjuga a sua ideia de beleza, com a nossa (clientes). E com tudo isto em mente, resolvi mostrar-vos as minhas tatuagens e as tatuagens de amiga (o)s, que simplesmente gosto! Dizem que tatuar é um vício… não sei, só sei que já estou a pensar na próxima!

Pulsos

Os meus pulsos (tatuei o pulso esquerdo na cidade de São Paulo, na minha 1a viagem ao Brasil – foi a minha 1a tatuagem!)

Mandala

Uma mandala para celebrar uma amizade com Bruno Chaz

SagradoCoração

Um sagrado coração no meu pé esquerdo (a minha irmã tem um sagrado coração no pé direito)

Magnólia

Irmãs, 2 magnólias, uma das flores favoritas da nossa mãe (se bem que ela preferia que não tivéssemos feito tatuagem nenhuma…)

FlorAmendoeira

3 flores de amendoeira para celebrar uma amizade e uma viagem a Ibiza com Vânia Melo e Luana Barbosa

Borboleta

A minha mais recente tatuagem, pela tattoo artist Nicole Lourinho (imagem sua)

Xam

A ser tatuada pelo tattoo artist Xam The Spaniard

ParaSempre

Na loja Para Sempre

César

A ser tatuada pelo tattoo artist César Figueiredo

Cada tatuagem conta uma história… ou é simplesmente bonita para quem a tem!

Captura de ecrã 2017-03-17, às 20.48.58

Screaming Culture (imagem sua)

Vânia

Vânia Melo (imagem de Para Sempre Tattoos)

Paulinho

Paulo Alexandre (imagem de Para Sempre Tattoos)

Lion_2

Uma homenagem da minha irmã (imagem sua), a um amigo querido

Palhaço

Rui Salgado pelo tattoo artist Carlos Santos (imagem sua)

E depois acontecem destas coisas… tatuagens diferentes parecem semelhantes. Será que há coincidências?

Tatuar, ou não tatuar, eis a questão.

Anita e o Portugal Fashion!

A:W'13

Sabem quando sonham acordada (o)s, estar um dia num determinado lugar? Pois bem, eu sonhava acordada que um dia estaria no Portugal Fashion. E nem sequer sonhava que estaria lá a maquilhar, eu simplesmente sonhava sentar me e ver as modelos desfilar!

Quando comecei a trabalhar na MAC, em 2008, mesmo assim, não foi logo que sonhei maquilhar na semana de moda portuguesa, não, eu sabia que havia outras pessoas com mais experiência que o deviam fazer… mas uma ideia, quando invade a nossa mente, é uma semente. Vai crescendo, ganhando forma e espaço, e quando vemos, tomou conta!

BackTattoos

O meu sonho de estar “sentada” na passarela já tinha sido realizado uns anos antes, quando fui, não a uma edição do Portugal Fashion, mas da Moda Lisboa (um obrigada à revista Dance Club por então, confiar na minha paixão e me atribuir a tarefa de fotografar os desfiles). Tive o privilégio de ir ao backstage e ver como as coisas funcionam “por trás do pano”. Escusado será dizer que adorei.

Pois bem, em 2013, o novo sonho, o de maquilhar no Portugal Fashion, aconteceu. Foi tudo o que eu esperava e mais. Senti borboletas no estômago e, ao mesmo tempo… senti-me como um peixe dentro de água! Não sei explicar melhor que isto! E quando o nosso trabalho é valorizado, a vontade de fazer mais e melhor, é maior. Hoje posso dizer-vos que fiz não 1, mas 5 edições, uma mão cheia, do Portugal Fashion, como maquilhadora. E quero com isto dizer que os sonhos, mesmo que nos pareçam difíceis de alcançar… podem realizar-se!

A:W'13_1

Pois então, partilho convosco algumas imagens de maquilhagens executadas por mim, em edições diferentes; algumas são fotografia de autor. Um muito obrigada pela captura!

A:W'13_MilliBoskovic

(imagem de autor)

A:W'13_2

Milli para Luís Buchinho

A:W'13_MilliBoskovic_MiguelOliveira

(imagem de Miguel Oliveira)

A:W'13_AnabelaBaldaque_Claudia_MiguelOliveira

Claudia para Anabela Baldaque (imagem de Miguel Oliveira)

A:W'13_MiguelOliveira_Priscille

Priscille para Carlos Gil (imagem de Miguel Oliveira)

A:W'13_CarlosGilPriscille

(imagem de autor)

A:W'13_Fabiana

Fabiana (imagem de Marcello Nigro)

Captura de ecrã 2017-03-09, às 21.00.25

Adoro quando a missão é apagar sobrancelhas! (no meu instagram candyandmakeup )

F:W'15'16_AnabelaBaldaque_1

para Anabela Baldaque

F:W'15'16_AnabelaBaldaque_2

F-W'15'16_AnabelaBaldaque_2

(imagem de Carlos Santos Silva)

F:W'15'16_AnabelaBaldaque_Neo

(imagem de Neo2 Magazine, revista espanhola que eu comprava assiduamente, quando estava na faculdade)

F:W'15'16_LuísBuchinho_AnaBurea

Ana para Luís Buchinho (imagem de autor)

Belisa_1

Belisa

F:W'15'16_LuísOnofre_Belisa

Belisa para Luís Onofre (imagem de autor)

S:s'14_2

Dariia

S:S'14_3

Mauro

RubenRua

Ruben (imagem de autor)

Captura de ecrã 2017-03-09, às 21.00.37

(no meu instagram)

Um vídeo da última edição Portugal Fashion em que participei.

Março é mês de Portugal Fashion. Mês de conhecer as tendências para o Outono/Inverno, ainda que a Primavera ainda se esteja a instalar.

Se forem trabalhar, bom trabalho e se forem assistir, desfrutem!

Dia da Mulher

O dia internacional da mulher começou a ser comemorado no início do século XX, no seguimento de muita luta feminina por condições melhores de trabalho, pela igualdade entre os sexos e pelo sufrágio (direito de voto). Ser mulher nunca foi fácil, mas sempre foi ser especial! Afinal, sem nós, não há vida. A natureza do corpo da mulher é bela.

Somos todas tão diferentes, tão iguais, trazemos no peito a nossa história, as nossas lutas, as nossas quedas e o nosso renascer, vez após vez. Cada mulher é única. Por isso eu gosto tanto deste dia, bem sei, dia da mulher é todos os dias, mas porque não celebrá-lo, se houve quem sofresse tanto para que um dia nós pudéssemos ter mais e melhor, do mundo? Hoje celebro com fotografias de amigas que um dia maquilhei e fotografei. Porque é dia 8, escolhi 8 fotos… o critério de “seleção”? Apenas o olhar a imagem e sentir emoção.

Feliz dia da Mulher, com orgulho!

1

Kika Antunes Teixeira . Glitz&Glam

2

Liliana Monteiro Silva . Fashion Lover

3

Joana Tavares . Jane’s Craft

4

Vânia Melo . Cat Lover

5

Alice Marques . In Wonderland (fotografia de Lígia Claro)

6

Claudia Monteiro . Laugh Lover

7

Isabel Martinho . Dog Lover

8

Claudia Durães . Life Lover

 

Os meus produtos de cabelo

Cá estão os meus produtos favoritos para cuidar o cabelo. Platinado requer uma boa manutenção e não fica barato, mas se queremos manter o cabelo saudável, é um investimento que fazemos. Quase a fazer 2 anos que tenho esta côr, sendo o meu cabelo fino, não me posso mesmo queixar!

1. Elasticizer – Philip Kingsley

Este produto, nada mais é, que um pré-shampoo. Hidrata a cutícula do cabelo, restaura a queratina (proteína que ajuda a formar as unhas e o cabelo, dá brilho e proteção) e faz com que ele quebre menos.

Compro no meu cabeleireiro Lab61 (Rua de Miguel Bombarda 65, 4050-380 Porto).

Curiosidade: o Elasticizer foi originalmente criado para a Audrey Hepburn, que tinha o cabelo fragilizado por causa dos penteados que lhe faziam para os filmes.

2. Shampoo Blond Me – Schwarzkopf

Estou a usar o Blond Me e gosto, mas prefiro o Blond Me Cool Ice (azul) que corta os amarelos e realça o tom platinado.

3. Máscara Blond Me – Schwarzkopf

Esta máscara, da mesma linha do shampoo, hidrata e restaura em profundidade o cabelo.

IMG_4824

Passadeira Vermelha III – The Oscars

Confesso que os Óscares são a minha cerimónia de entrega de prémios favorita! Imagino que seja assim para muita gente, por isso, não podia deixar de fazer review dos looks da passadeira vermelha mais famosa de todas…

oscars

Isabelle Hupert em Armani Privé (imagem de Oscars)

Lembram-se que nos Golden Globes, não gostei do vestido de Isabelle? Pois bem, desta vez o seu vestido ganhou-me por completo. Quão simples e elegante, é? Maravilhoso.

usweekly

Haille Steinfeld em Ralph&Russo (imagem de US Weekly)

Este vestido é perfeito! Transparente quanto baste, luminoso, com pequenos toques de côr,  e realça a silhueta de Hailee, ainda que tenha metros e metros de pano. É um vestido jovem, adequado à sua idade… Muitas vezes, as atrizes vestem-se de modo a parecerem mais velhas do que realmente são; este não foi o caso, por isso funcionou tão bem!

popsugar

Naomi Harris em Calvin Klein (imagem de Pop Sugar)

Naomi já tinha arrasado nos Golden Globes… arrasou outra vez! Este vestido é minimal, luminoso, simples de corte e algo especial pela cauda. Devo dizer que ainda é mais maravilhoso na passadeira vermelha, na tv, do que em fotografia – mas isso acontece muito, como acontece o inverso… é normal. Atenção às sandálias, 1º porque são amarelas!, depois porque brincam, são brilhantes no tornozelo e brilhantes junto aos dedos, mas não em simultâneo, em assimetria. Só posso dizer, master mind! A make up… sublime!

89th Annual Academy Awards - Arrivals

(imagem de Harper’s Bazaar)

hollywoodtake

Emma Stone em Givenchy (imagem de Hollywood Take)

Este, senhoras e senhores, é o tipo de vestido que se usa nos Óscares. Porquê? Porque ilustra ao pormenor o glamour da “Old Hollywood”. As franjas ao estilo “flapper“, o dourado que se destaca no fundo vermelho, a silhueta de sereia, o trabalho de bordado que enriquece o tecido. A make up e o cabelo complementam-no com elegância. Emma foi a vencedora da categoria Melhor Atriz. Estava flawless!

pinterest

Flappers (imagem de Pinterest)

Destaque, além dos looks, para os cabelos platinados. Sim, nem toda a gente gosta, o platinado não é um louro natural, mas o platinado não pretende ser um louro natural. Aí está a diferença! Gosta quem gosta e eu gosto, fácil de ver…

A propósito disso, vou criar um novo segmento no blog, o dos meus produtos favoritos. Vou começar com os produtos para cabelo platinado. Continuando…

vogue

Michelle Williams (imagem de Vogue)

O platinado realça verdadeiramente o corte de cabelo e ilumina o rosto de Michelle, fazendo lembrar Mia Farrow.

57551 106

Mia Farrow (imagem de The Place 2)

footwearnews

Kirsten Dunst (imagem de Footwear News)

O platinado não precisa ser perfeito da raíz até às pontas, a tendência do momento é que seja visível um pouco da raíz natural… o estilo messy hair favorece essa “imperfeição”.

www-etonline-com

Scarlett Johansson (imagem de Etonline.com)

De novo, o cabelo curto, estilo tom boy (maria-rapaz), com a raíz assumida. Vê-se que Scarlet não se sente menos feminina por causa disso, se calhar, até se sente mais. Afinal, o seu rosto está totalmente descoberto e é uma obra de arte.

Para terminar, um look masculino. Para mim, “O” look masculino da época de prémios.

digitalspy

Mahershala Ali em Ermengildo Zegna Couture (imagem de Digital Spy)

Mahershala é o 1º ator muçulmano a ganhar um Óscar. A interpretação dele no filme “Moonlight” arrebatou-me, tão simples e pura! Mahershala fez do momento do seu discurso, um momento de família, agradecendo à esposa que “estava no 3º trimestre de gravidez durante a época de prémios” e que deu à luz 4 dias antes dos Óscares.

O fato que escolheu é clássico, composto por 3 peças, calças, colete e casaco, usou camisa com laço, os sapatos são de linhas simples, tudo… tom sobre tom, black on black. O lenço tem o único apontamento de côr, branco. Há junção mais elegante que preto e branco? Não. Fã, sou fã de Mahershala.

Carnaval!

Este ano o nosso Carnaval teve inspiração em mais do que um tema, começou com o burlesco, avançou para o filme “Mad Max” e terminou com o festival “Burning Man”. E foi divertido, ah se foi!

O burlesco teve origem em Itália, no século XV e nada mais é que uma representação teatral de improviso. O “dress code” é peculiar e extremamente atrativo no que toca ao sexo feminino: algumas peças de roupa, pouco pano… peças transparentes… bustiers, corpetes, meias de liga, etc.

sweetleigh

(imagem de Sweet Leigh)

valentinamag_2

(imagem de Valentina Mag)

stupiddope-com

Dita Von Teese (imagem de StupidDOPE.com)

“Mad Max” é um filme australiano de ficção científica / ação que se passa num futuro distópico, ou seja, num futuro de opressão da sociedade. O filme original tem Mel Gibson como ator principal (teve 2 sequelas) e depois foi feito um remake “Mad Max Fury Road”, com Tom Hardy. Este último filme recebeu 6 Óscares em 2016, incluindo Melhor Guarda-Roupa, Melhor Maquilhagem e Cabelo, Melhor Produção de Design. Isso diz tudo.

polygon

(imagem de Polygon)

wired

(imagem de Wired)

FRD-09559.JPG

(imagem de Adoro Cinema)

“Burning Man” é um festival de contracultura que acontece todos os anos no deserto do Nevada, nos Estados Unidos. Tem uma galeria de arte a “céu aberto” que se chama “Playa“. Aí, no centro, encontra-se a escultura gigante de madeira que no final do Verão é queimada: o “Burning Man”. Este festival motiva as pessoas a simplesmente, serem quem são, serem criativas, a partilharem experiências, respeitando sempre a Natureza. Tudo é permitido, não há “dress code“, tanto, que há quem “use” apenas “body painting”. Além de arte, há música, como não podia deixar de ser, e os carros alegóricos são simplesmente fantásticos! Basta ver algumas imagens… Tudo é inspirador. Quem me dera poder viver esta experiência!

can-i-take-a-picture

(imagem de Can I Take A Picture)

daily-mail

(imagem de Daily Mail)

falsete-comunidades-net

(imagem de Falsete.comunidades.net)

Pois bem, com estas ideias em mente, criámos os nossos looks. Espero que gostem!

1

Make up idealizada e executada por mim

2

Destaque para os seguintes produtos de make up: Base Studio Fix Fluid, Corretor Select Mositurecover, Pó Studio Fix Powder, Sombras Always Sunny (mais clara) e Lie Low (mais escura), Lápis bege Chromagraphic NC15/NW20 (na linha de água), Eyeliner Blacktrack, Máscara Opulash, Fixador de sobrancelhas Brow Set, Lápis de lábios e baton ambos Stone, Bronzing Powder Delicates, tudo MAC.

img_4748

Com a minha querida amiga, também maquilhadora, Joana Oliveira MadMaxMeetsBurningMan!

cello

Marcello Nigro

eu

Com o cabelo pronto! Obrigada à Mónica Ribau e à sua equipa, pelo penteado, adorei!

eucello

We’re 2 of a kind!

Um especial obrigada à produtora Sister Ray, ao Ricardo Salazar e ao Pedro Salazar, por organizarem um evento de Carnaval tão especial e inesquecível.

Para o ano há mais!

Look de Inspiração Anos 90

3_anos90

Botas Bershka Calças Blanco Crop Top Zara Casaco Levi’s Carteira Puma Colar Oysho

Quando começou a década de 90, eu tinha 7 anos. Aquela idade em que se dá o “despertar da mente”, quando começamos a perceber melhor o que se passa à nossa volta, somos mais independentes e ficamos desejosos de viver. Pois bem, como é que eu não havia de guardar os 90 na memória? Volta e meia, lá componho um look inspirado nessa altura. Este é grunge… “Smells like teen spirit”!

Highlights

-O casaco de ganga com pêlo sintético por dentro (tive um como este, também Levi’s, embora de bombazine, no tempo do secundário);

-A carteira desportiva que trouxe de Londres, aquando da minha primeira ida lá – a minha mãe teve de assinar uma autorização para eu poder sair do país, por ser menor!

Só posso dizer… boas recordações. I’m a 90s kid! And I love it!

 

É quase Carnaval! Venham as make ups temáticas!

A contagem decrescente começa hoje, 7 dias para o Carnaval! Isto fez-me recuar no tempo e rever make ups especiais. Um (a) maquilhador (a) quando ama a sua arte, tem sede de aprender e evoluir, está constantemente a adaptar-se a novos conceitos de beleza, novas técnicas e novos materiais. Todos temos um estilo próprio, mas continuarmos a fazer o mesmo que fazíamos quando começámos e não arriscar, bem… isso é desperdiçar talento. Selecionei algumas make ups temáticas/teatrais de anos diferentes, para vocês verem. Não se acanhem a deixar comentários… acho que vão sentir emoções diferentes a olhar as fotografias. Pode ser que vos inspire… eu ficaria honrada, e sei que os meus colegas e amigos, também. Afinal, a maquilhagem existe, não só para nos deixar mais bonito (a) s, mas também para nos divertirmos.

christmas_109

Make up executada por mim e pelo Marcello Nigro (em 2009)

lovelace

Make up idealizada e executada por mim, pelo Marcello e pela Kika Antunes Teixeira (em 2010)

30-10-10_2

Make up executada por mim (em 2010)

carnaval15

Make up executada por mim (em 2015)

carnaval16

Make up executada por mim (em 2016)

fabulousfelines-1

Make up executada por mim (em 2010)

fabulousfelines-18

Kika, Marcello e eu… Tema felino, inspiração em Jeremy Scott (em 2010)

27-11-10_3

Make ups idealizadas e executadas por mim, pelo Marcello, pela Kika e pela Carol Moura Ruiz (em 2010)

27-11-10_2

27-11-10_1

Marcello, Kika, Carol e eu… Tema Disney, inspiração em “101 Dálmatas” e “Branca de Neve” (em 2010)

Espero que tenham gostado! Bom Carnaval!!!

Look Valentines

valentines

Botas Filipe Sousa Eureka Calções Zara Blusa Kate Bosworth Topshop Bomber Pepe Jeans Anel Swarovski

Não demorei muito para compor este look, associo sempre o dia de São Valentim a vermelho, paixão e como a ocasião era um jantar romântico, acrescentei o preto, noite. A blusa é coberta, por isso por que não destapar as pernas? A minha mãe sempre disse “Ou decote, ou pernas, as duas não” (se ela ler isto vai rir-se). As botas são o toque final, são mais ousadas apenas por serem acima do joelho; para mim, um must da estação.

As 10 peças icónicas da moda (digo eu)

Há pouco tempo, enquanto passeava com o meu pai, numa livraria, encontrei um livro que falava sobre as 20 peças icónicas da moda. Claro que procurei logo um banco onde me sentar, para poder folhear o livro com cuidado e atenção. Pois bem, a informação ficou de tal forma retida na minha cabeça, que me inspirou a escrever este post, do meu jeito e pelo meu gosto pessoal.

img_1465

  1. Os jeans Levi’s

Levi Strauss, alemão, naturalizado americano, abriu junto com o seu cunhado David Stern, em São Francisco, uma loja de tecidos e roupas – decorria o ano de 1853. Em 1872, o costureiro da marca, Jacob Davis, teve a ideia de reforçar as costuras das calças com rebites (os mineiros desgastavam muito as suas calças, no dia-a-dia). O sucesso foi tal, que a patente tornou-se necessidade. O resto, é história. As calças Levi’s eram sinónimo de qualidade e desde os mineiros aos atores/atrizes de Hollywood, todos se renderam. Fator plus da marca: os seus pilares… empatia, originalidade, integridade e coragem!

Anúncio de tv com Brad Pitt (1991)

Anúncio de tv com Ana Cristina de Oliveira (1996)

2. O trench coat ou a gabardine

A gabardine foi inicialmente usada pelos oficiais britânicos e franceses, nas trincheiras, durante a 1ª Grande Guerra, daí o nome, trench. Tanto Burberry, como Aquascutum, dizem ter criado este casaco de chuva… Existe em várias cores, naturalmente, mas a tradicional é khaki (esta palavra refere-se a poeira, ou pó).

tailor4less

Humphrey Bogart em “Casablanca” (imagem de Taylor 4 Less)

Entertainment/Cinema. 24th September 1966. French actress Brigitte Bardot pictured in London.

Brigitte Bardot (imagem de Pinterest)

ellookdelascelebrities

Audrey Hepburn em “Breakfast at Tiffany’s” (imagem de El Look de las Celebrities)

www-elle-fr

Cara Delevigne e Kate Moss para Burberry (imagem de Elle.fr)

3. O fedora da Borsalino

Os chapéus de feltro criados pela Borsalino, cerca de 1857, tornaram-se famosos, imaginem, por serem usados pelos mafiosos italianos! Sim, eles eram conhecidos, além do óbvio, por andarem sempre bem vestidos (ainda hoje se fala em vestir um “fato italiano” quando se faz referência a um homem de estilo). Pois bem, este chapéu derrubou fronteiras e manteve-se intemporal!

thefedoralounge

Al Capone, ou Scarface, considerado o maior chefe da máfia italo-americana (imagem de The Fedora Lounge)

repubblicatorino

Johnny Depp em “Inimigos Públicos” (imagem de Repubblica Torino)

pinterest_2

Leonardo di Caprio em “A Ilha do Medo” (imagem de Pinterest)

4. As sapatilhas All Star

As All Star, também conhecidas como Chuck Taylor, foram criadas em 1908 e melhoradas em 1917, para satisfazer as necessidades dos jogadores de basquetebol. Personalidades do rock&roll, punk-rock, grunge, como Elvis Presley, Ramones, Kurt Cobain, entre outros, elevaram as sapatilhas ao estrelato. Desde 2003, a Converse All Star pertence à Nike.

theodysseyonline

Kurt Cobain (imagem de The Odyssey Online)

pinterest_3

O modelo que eu tinha nos anos 90… (imagem de Pinterest)

5. Os óculos de sol Persol ou Ray Ban

Os óculos Persol, per il sole, para o sol, foram criados em 1917, para satisfazer as necessidades dos pilotos de avião, que viam os seus olhos danificados pelos raios solares. Os óculos Ray Ban foram criados em 1937, pela mesma razão, para os pilotos da Força Aérea dos Estados Unidos. O nome Ray Ban vem de ray, raio de sol, e ban, de bannish, banir, ou seja, “banir o sol”. Assim nasceu o modelo “aviador”. Fácil de entender que tanto na América, como na Europa, a moda se tenha difundido.

www-madmoizelle-com

Tom Cruise em “Top Gun” (imagem de Madmoizelle.com)

likeafilmstar-com

Sylvester Stallone em “Cobra” (imagem de Likeafilmstar.com)

papo-de-homem

Johnny Depp em “Delírio em Las Vegas” (imagem de Papo de Homem)

6. As botas Dr Martens

Estas botas, também conhecidas como Doc, foram criadas em 1946. Tornaram-se “célebres” entre 1960-1980, por serem referência nos looks de estilo punk-rock, grunge e skinhead (cabeça rapada, traduzido à letra). Aqui preciso fazer um parêntesis. A maior parte das pessoas associa skinhead a questões políticas/raciais (extrema-direita ou extrema-esquerda), mas só cerca do final de 1970 é que isso se verificou. Inicialmente, skins eram os que faziam parte da classe operária inglesa, nos anos 60, e que eram influenciados pelos rude boys (a Rihanna tem uma música com este nome) jamaicanos (delinquentes juvenis), imigrados. A sua maneira de vestir era peculiar, com suspensórios, botas de segurança (as Doc são conhecidas por terem biqueira de aço), casacos de ganga e bombers. Assim, com tanta história, não há como negar, estas botas vieram para ficar.

mad-outta-me-head

Skinheads (imagem de Mad Outta Me Head)

blog-thehipstore-co-uk

Ewan McGregor em “Trainspotting” (imagem de Blog.thehipstore.co.uk)

Sex Pistols

Sex Pistols (imagem de Pinterest)

emaze

Street Style (imagem de Emaze)

drmartens

No meu Instagram, as minhas Doc!

drmartens_2

No meu Instragram, eu, em Hackney, Londres

7. Os jeans, a roupa interior e os perfumes Calvin Klein

Criada em 1978, a Calvin Klein é uma das marcas mais famosas do mundo. Como estive recentemente em Budapeste, não posso deixar de reparar que Calvin é americano, mas de origem húngara. A marca vende roupa, acessórios e perfumes, mas foram os jeans de qualidade e a roupa interior que a tornaram objeto de desejo… de certeza que se lembram dos anúncios controversos e ousados na década de 90, que serviram de mote para uma nova publicidade, clean e forte. Por causa destes anúncios, a carreira de Kate Moss e Mark Wahlberg, por exemplo, disparou. Abençoado Calvin Klein!

esquire

Mark Wahlberg e Kate Moss (imagem de Esquire)

papermag

CK One (imagem de Papermag)

fashiongonerogue

Justin Bieber e Lara Stone (imagem de Fashion Gone Rogue)

fashionadexplorer

Eva Mendes (imagem de Fashion Ad Explorer)

8. Os pólos e as malhas Lacoste

O tenista René Lacoste e o empresário André Gillier, criaram a marca Lacoste, em 1933. O apelido de Lacoste era “Le Crocodile“, o crocodilo e por isso o animal foi escolhido para o logotipo da marca. Por causa dos acordos com tenistas e golfistas, a Lacoste ganhou popularidade e tornou-se símbolo de qualidade e requinte, no desporto.

pinterest_5

Anúncio vintage (imagem de Pinterest)

rollingstoneindia

Anúncio vintage (imagem de Rolling Stone India)

classicbrideblog-com

Editorial (imagem de Classicbrideblog.com)

lacoste

No meu Instagram, a minha malha Lacoste!

9. O biker jacket

O biker jacket, casaco de motoqueiro, quando apareceu, era usado principalmente, por motoqueiros, pilotos de avião, polícias, punks e góticos. Costumava ser fabricado em pele, com sobras da indústria alimentar, mas nos dias de hoje, é fabricado também com pvc ou poliuretano, por questões económicas e/ou éticas. Este casaco tem uma aparência rude, intimidante, mas por causa disso, é uma afirmação de estilo.

the-telegraph

Marlon Brando em “The Wild One” (imagem de The Telegraph)

bikerjacket

No meu Instagram, eu, em Lisboa

10. As botas Timberland

Criada em 1952, a Timberland é uma marca de produtos de uso casual, de trabalho e para atividades ao ar livre, que por causa, somente, do seu calçado, conquistou o mundo do hip-hop. O plus é a sua filosofia de responsabilidade socio-ambiental.

pinterest_6

Notorious B.I.G. (imagem de Pinterest)

angelcompanions

Kanye West (imagem de Angel Companions)

yournextshoes

No Instagram de Beyoncé, as Timberland representando o marido, a filha e ela (imagem de Your Next Shoes)

timberland

No meu Instagram, eu, em Belo Horizonte, no Brasil

timberland_2

No meu Instagram, as minhas Jeffrey Campbell, visivelmente inspiradas nas Timberland!

Peças com história é outro nível, digam lá! Difícil resistir!