Anita modelo! II

O último look da sessão fotográfica #Mermaid urbana.

Um trabalho feito em parceria com o Marcello Nigro, a Marta Mafalda e a Boom Bap.

Cores que contrastam e ao mesmo tempo, se complementam e que me envolveram num momento de fantasia. Sereia sem cauda! Porque somos o que quisermos.

_MG_1188_

Calções Zara Sandálias Bimba y Lola

_MG_1193_MG_1198_MG_1184

Maquilhagem com produtos Mac Cosmetics e Nyx Cosmetics / Cabelo com produtos Philip Kingsley, ambos por Marcello Nigro / Fotografia de Marta Mafalda

And now, that’s a wrap!

Anita modelo!

Desafiei o meu querido amigo e maquilhador Marcello Nigro, a fotógrafa Marta Mafalda e a marca Boom Bap para uma parceria, e o resultado foi esta sessão fotográfica.

Modelo por um dia! Não foi fácil, estar à vontade na frente da câmara, nas praias da Foz com “audiência” à mistura; mas conseguimos fotografias das quais me orgulho.

O tema: uma sereia urbana, se assim se pode dizer. Por isso a base de make up é leve e acetinada e os olhos têm um tom intenso azul turquesa; por isso o cabelo é frisado. Eu costumo dizer que “mentes brilhantes pensam semelhante” e é tão verdade e engraçado! Quando me vi ao espelho lembrei-me da Daryl Hannah no filme “Splash” e da supermodelo Kristen McMenamy. Ambas, sereias tão “não convencionais”, pela personalidade… Adoro!

pinterest.com

(imagem de Pinterest)

The Fashionography

(imagem de The Fashionography)

A imagem que criámos, eu e o Marcello, é fruto da nossa criatividade, mas quem sabe, tínhamos estas 2 referências no subconsciente… Aquilo que nos marca, marca mais que tatuagem, fica guardado numa parte do cérebro, em silêncio… e um dia desperta. A arte fala uma linguagem universal e eu acho isso fantástico.

#Mermaid dos tempos modernos…

_MG_1119_MG_1110

_MG_1052

Leggings Mango Sapatilhas Puma Fierce Swan

_MG_1037_MG_1075_MG_1084

Maquilhagem com produtos Mac Cosmetics e Nyx Cosmetics / Cabelo com produtos Philip Kingsley, ambos por Marcello Nigro / Fotografia de Marta Mafalda

Obrigada Marcello, por alinhares nos meus devaneios criativos, obrigada Marta pela disponibilidade e dedicação, e um obrigada especial à Boom Bap por tão, gentilmente, me ter cedido a roupa. Espreitem! http://www.boombapwear.com/en/

That’s a wrap! For now…

Dancing in the sunset

12_Sunset

Sandálias Pull&Bear Skinny Jeans Bershka Top Pull&Bear 

As cores do pôr-do-sol são quentes e transmitem bem estar. Uma promessa de felicidade no horizonte… Por isso, para uma festa sunset escolhi um top de Verão, côr de tijolo. O resto, calças e calçado pretos, com que não me comprometo! Assim, dancei.

Anita e Philip Kingsley III

O melhor patrocínio é este. Aquele em que “a marca” me vê pelo que sou, acredita em mim e me valoriza. Aquele em que a relação não é apenas comercial, mas onde se desenvolve uma amizade. A Philip Kingsley não é uma marca qualquer e isso nota-se.

Desta vez, fui mimada com os seguintes produtos:

IMG_6811

1. Elasticizer Coconut Breeze

O meu produto de eleição, o pré-shampoo de que vos tenho falado, que restaura a queratina, hidrata o cabelo fazendo com que quebre menos, com aroma de côco e notas de jasmim, amêndoa e baunilha. Inspirado na costa oeste da América. Tão tropical, adoro!

2. Pure Silver Shampoo

Vencedor dos Hair Awards 2017, na categoria “Best Shampoo&Conditioner for Blondes”. Eu tinha de experimentar! Devo dizer-vos que realmente faz diferença. Concebido com tons violeta e aclarantes óticos, “corta” o amarelo do cabelo e reaviva o seu brilho.

3. Pure Silver Conditioner

Concebido do mesmo modo que o shampoo, nutre o cabelo, deixa-o suave e macio.

4. One More Day

O shampoo seco que elimina o excesso de oleosidade e odor do cabelo. Perfeito para levar de viagem e/ou para situações sos! Sem tempo para lavar e secar o cabelo? Este shampoo resolve!

5. Finishing Touch Hairspray

Uma laca de fixação suave que não deixa o cabelo com efeito cartonado. Já fazia falta.

E hoje, tenho uma surpresa…! Tenho a certeza que vão adorar! Estão preparada(o)s? Pois bem, a Philip Kingsley e eu resolvemos fazer um GIVE AWAY! O 1º give away do candyandmakeup.com! São 3 produtos muito especiais, para desfrutar do Verão…

Para se habilitarem a ganhar, devem:

– Colocar like na página do blog no Facebook;

https://www.facebook.com/candyandmakeup/

– Convidar amiga(o)s para gostarem da página do blog no Facebook;

– Deixar um comentário em algum dos artigos do blog (aqui ou na página do Facebook).

O(a) vencedor(a) será anunciado(a) aqui e na página de Facebook, a 27 de Julho.
IMG_7755
  1. Sun Shield UV Defence

Porque o couro cabeludo e o cabelo também podem ficar queimados com a exposição solar, este produto, como diz o nome, age como um escudo. Protege do sol, do cloro e da água salgada, e evita a desidratação. É leve e tem efeito anti-frizz.

2. After Sun Scalp Mask

Esta máscara acalma as queimaduras do sol e proporciona conforto instantâneo e duradouro. Contém extracto de camomila e aloe vera, o que ajuda a manter o couro cabeludo saudável e hidratado.

3. SwimCap

Deste produto já vos falei, sabem que protege o cabelo dos danos causados pelo sol (contém proteção UV), vento, cloro e água salgada, hidrata, evita o quebrar e é especialmente indicado para cabelos com coloração. Uso sempre que vou à praia ou à  piscina.

Aproveitem o sol com os melhores cuidados de cabelo. Vão ficar fãs, como eu!

IMG_7671

Obrigada queridas Vanessa Souchet e Josie Georgia. Por tudo! Estou encantada com o meu cabelo! ❤

 

Top 10 dos ícones de estilo (digo eu)

O que é, afinal, o estilo? Para mim, é a forma de vestir e estar de alguém que se sente confortável e confiante na sua própria pele. Como diz a Rachel Zoe, stylist das celebridades, é “uma maneira de dizer quem somos, sem ter de falar.”

Podia escolher muitas personalidades diferentes para ilustrar o que digo, mas eu não seria eu, se não vos mostrasse quem realmente me toca o coração, quem me inspirou enquanto eu crescia e inspira ainda. Por ordem alfabética, é melhor.

  1. Audrey Hepburn

A eterna princesa, elegante, simples e digna. Falei-vos dela a propósito do filme “Breakfast at Tiffany’s” (vencedor do Óscar de Melhor Banda Sonora Original) e recomendo-vos agora, outros 2 filmes com ela: “Sabrina” (vencedor do Óscar de Melhor Figurino) onde contracena com Humphrey Bogart e “Roman Holiday” (filme que lhe valeu o Óscar de Melhor Atriz), onde contracena com Gregory Peck.

2. Bianca Jagger

De certeza já ouviram falar de Bianca, por ter sido esposa de Mick Jagger, dos Rolling Stones (entre 1971-1978). O que talvez não saibam, é que Bianca é uma respeitada ativista social e política. Natural de Nicarágua, a sua beleza exótica não deixava ninguém indiferente, nem mesmo o frio e exigente Andy Warhol que era seu amigo e fã.

3. Coco Chanel

Mademoiselle Chanel. O expoente máximo da elegância. Quem diria que esta senhora foi abandonada num orfanato com 12 anos de idade e viveu depois numa pensão católica? Por isso Coco inventava histórias sobre o seu passado, era a sua forma de lidar com a dor. Foi cantora, costureira e estilista de roupa e chapéus. O seu estilo era inconfundível, seduziu as maiores celebridades. Até Marilyn Monroe se rendeu; em especial ao seu perfume, Chanel Nº5, que dizia ser a única coisa que “vestia” para dormir.

4. David Bowie

O camaleão do Rock. Inteligente, talentoso, misterioso. Um ser com tantas personalidades diferentes dentro de si, que dizia que queria ser mais que humano. Ele era forte e frágil, viril e delicado, masculino e feminino, carismático! Quem não se lembra da música “Let’s Dance“? Para mim, ele nunca envelheceu. O mundo inteiro chorou a sua perda.

5. Grace Kelly

A atriz favorita de Alfred Hitchcock que “abandonou” o plateau para se casar com Rainier III do Mónaco, tornando-se de verdade, princesa. Vencedora do Óscar de Melhor Atriz, com o filme “Country Girl“, desempenhou o maior papel da sua vida como mãe e esposa. Morreu tragicamente nas estradas de Monte Carlo, onde passeava com Cary Grant, no filme “To Catch a Thief“. Ironia, não?

6. Jackie Kennedy

Esposa do Presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy. Editora de livros, intimamente ligada à arte, ícone de elegância. Jackie e John tiveram 4 filhos; nos dias de hoje, apenas Caroline é viva. John foi assassinado em 1963… daí se falar na maldição Kennedy. Triste sina. Não sei se já viram o filme “Jackie“, interpretado por Natalie Portman. É um bom filme, soa sombrio, forte e real. Sublinha o facto do conjunto saia-casaco que Jackie vestiu no dia do assassinato se tornar uma imagem de década. Esse saia-casaco ficou manchado de sangue, com pedaços do cérebro de John agarrados…! E quão surreal é que depois de tudo, não sendo mais Primeira-Dama, o seu estilo de roupa tenha invadido as ruas da América e todas as lojas o “vendessem”… Faz-me pensar no karma/darma que uma peça de roupa carrega/leva consigo.

7. Jane Birkin

Atriz e cantora, conheceu o estrelato com o filme “Blow-Up” de Michelangelo Antonioni (1966). O dueto que interpretou com o amor da sua vida, Serge Gainsbourg, “Je t’aime… moi non plus“, tornou-se uma música polémica, banida em vários países. O seu corte de cabelo, reto e com franja, é imagem dos anos 60 e a famosa carteira Birkin, da Hermès, cujo valor pode ir dos 10.000€ aos 263.000€, foi assim chamada em sua honra. Ícone!

8. Kate Moss

Para mim, “a” supermodelo. Com “apenas” 1,70m, um rosto exquisite, e muita atitude. Kate raramente dá entrevistas, é reservada. Por causa dela é que o meu sonho, com 14 anos, era ser modelo. Descoberta aos 14 (coincidência), num aeroporto, Kate viria a ser umas das modelos a trabalhar mais anos, de forma consistente, na indústria da moda. Ainda hoje, é capa de revista e uma das modelos mais bem pagas. Foi por causa dela que o lookHeroin Chic“, tão 90’s, se difundiu; a pele pálida, aquele smokey eyes borratado, ou o baton escuro aplicado, referência de party girl. O corpo magro e sensual sem esforço. Claro que houve crítica negativa, muita, porque o look parecia “glamourizar” o consumo de heroína e similares; mas é preciso ver que nesta altura, a música grunge e filmes como “Trainspotting“, explodiam. Kate foi alvo de controvérsia várias vezes… ninguém esquece o escândalo “Cocaine Kate”. É certo, ela consumia, mas esse escândalo do Daily Mirror, foi uma cilada: pontos altos do jornalismo… #SóQueNão. As marcas que cancelaram os seus contratos com Kate, H&M, Chanel e Burberry, preocupadas com a imagem e as vendas, pagaram o dobro, ou o triplo, mais tarde (depois da desintoxicação), para tê-la de volta. Ela era e é, assim tão boa. Teve o apoio dos seus amigos e artistas da indústria, entre os quais o falecido Alexander McQueen, que vestiu, num desfile seu, uma tshirt que dizia “We love you Kate”. Bem hajam.

9. Princesa Diana

Primeira esposa de Carlos, Príncipe de Gales. A “princesa do povo”, sempre envolvida em trabalho de caridade, admirada pela sua beleza e estimada de maneira especial por ser tão real e comum, se estas são as palavras certas… pela situação do seu casamento. Um conto de fadas que era tudo menos isso. Finalmente, Diana divorciou-se de Carlos (e todos sabemos que o divórcio não é comum na realeza) e viveu outras paixões, ou outros amores, só ela sabe… Morreu de forma trágica, com apenas 36 anos, em 1997, vítima de um acidente de carro, numa perseguição de paparazzis. Nunca vou esquecer aquele acordar, quando a minha mãe bateu à porta do quarto e me disse que ela tinha morrido. Eu acabava de acordar de um pesadelo, onde uma mulher seguia dentro de um carro, fugia, acompanhada de um homem e de repente, numa imensidão negra, morria. Coincidência? Até hoje, não sei.

10. Victoria Beckham

Cantora, designer de moda e esposa do famoso jogador de futebol David Beckham: preciso dizer mais? Victoria, também conhecida como “Posh Spice” (posh significa que gosta de luxo, de glamour), em bom jeito britânico, é séria (toda a gente comenta que ela raramente sorri para as fotos) e uma esposa, mãe, mulher independente e dedicada. O seu estilo é sempre clássico com um twist, casual chic. Tenho o seu livro “That Extra Half An Inch” e devo dizer que é um dos livros mais simples, interessantes e entusiasmantes de ler. As melhores referências, imagens e dicas de moda.

So… express yourself!

(Imagens de: Dr. Macro, Girls748.rssing.com, Pinterest, Whowhatwear.com.au, Harper’sBazaar, Beladora.com, Depplus.vn, SoPosted.com, Women’sPerfumesReviwes, Backstage Tales, Glamour, Oyster Colored Velvet, The World Wide Wardrobve, Amysfashionandfrolics.blogspot.com, Goiuri.com, Marie Claire, Va-Voom Vintage, Cosmopolitan.com, PopSugar, ShibyShila, The Blonde Salad, Aol.com, InStyle, Sparkles and Shoes, Vogue, Elle, Ana272, Mih Jeans, Vogue Paris, Erika Brechtel, Fashionpeople.ro, Haute Tempered, The Heritage Studio, Katemoss.com, Daily Express, Elle Uk, Who That Weear Uk.)

#PinkCandy

11_PinkCandy

Sapatilhas Nike Skinny Jeans Zara Top Lefties Colar H&M Clutch Primark

Explosão de côr! Porque não? Se me sinto alegre! Conjugada com o eterno branco, porque me sinto leve. Junto uma clucth holográfica porque me encanta este efeito; faz-me lembrar peixes e sereias. Já que é Verão…